domingo, 9 de outubro de 2011

A lua primitiva


  A teoria sobre a formação da Lua mais aceita atualmente defende que o nosso satélite natural teria se originado a partir de um formidável impacto que a Terra sofreu há bilhões de anos. Por mais fantástica que pareça, essa hipótese consegue explicar tanto a semelhança entre as rochas lunares e terrestres quanto alguns aspectos do movimento orbital de ambos.
   A colisão deve ter ocorrido no estágio final de formação do nosso planeta, com um dos muitos "concorrentes" da Terra, fragmentos de rocha incandescente que coletavam matéria para se agregar em corpos maiores. Nosso planeta pode ter perdido parte do núcleo durante o impacto, formando uma nuvem de poeira quente ao redor. A alta temperatura desse material (que formaria a Lua) explicaria a ausência de compostos voláteis nas rochas lunares.
   A Lua primitiva era igualmente bela e assustadora. Sua distância inicial seria inferior a 50.000 km (hoje a distância média Terra-Lua é de aproximadamente 384.000 km), tornando a Lua Cheia 15 vezes maior.
  Até hoje, Terra e Lua formam um sistema planetário duplo. A rigor, são como dois planetas girando em torno de um centro comum de gravidade, situado apenas algumas centenas de quilômetros abaixo da superfície da Terra.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Predestinados

  Não procure a escuridão, em uma bela manhã de Sol. Não procure a dor, quando houver pessoas ao seu lado prontas para lhe apoiar. Não procure a tristeza, quando a felicidade estiver a apenas um passo da porta, e quando ela depender somente de você mesmo. Só procure a solidão em ultimo caso, se o amor não estiver a um olhar de distância... e a um sorriso sincero.

  Não se esqueça que nada nunca estará perdido nessa vida. Pois somos parte de um imenso e poderoso universo, e senhores do nosso próprio destino! Você só será, o que você tolerar ser.

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Êta coração birrento!!!


   Meu coração é desobediente, feito criança birrenta que não escuta os avisos: Não corre menino ou vai cair e ralar o joelho! Sai da chuva moleque ou vai pegar uma gripe! Por essa aí eu não quero me apaixonar, vira a tua alça de mira porque é fria! Mas meu coração infelizmente é feito um moleque travesso que não escuta. E acaba correndo direto logo para aquela que eu tento evitar, e é tão burro que acaba se machucando e encolhidinho chora. E lá vou eu consolá-lo, mostrando que o mundo é grande de mais, e que a esperança dentro dele nunca vai se acabar. E que a pessoa certa está em algum lugar, bem distante de onde o danado está procurando, e que ele precisa ter calma... e principalmente, e encarecidamente eu peço, que não me perturbe tanto! E então cheio de coragem ele ressurge, batendo forte senhor de si, pronto pra outra... e lá vai o birrento correndo direto... pra outra barca furada, ai, ai!  

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

sábado, 27 de agosto de 2011

Traição

 
  O ser humano é movido por sentimentos... por sentimentos bons e ruins. É movido também por emoções, impulsos e rompantes, e todos esses fatores relevantes acabam nos tornando extremamente imprevisíveis. E para evitarmos pular de uma relação para outra é  preciso filtrar certas emoções e instintos primitivos, para não acabar magoando as  pessoas que realmente amamos. Não é preciso ser adultero para ser feliz ou provar que você é um macho alfa dominante. Ou simplesmente saciar seu desejo de fêmea latente e fútil, jogando toda sua felicidade fora por um ataque de lascívia. Amor e ódio andam de mãos dadas, ressentimentos e mesmice, rotina, imaturidade somos assediados diariamente por nossas próprias emoções. Se você precisa de um motivo para trair seu parceiro não vai ser necessário procurar muito. Qualquer motivo será suficiente, e a culpa quase sempre recai na difamada ´´ rotina`` nunca esquecendo meus queridos e queridas que a balança pende para os dois lados. O sexo já não é mais tão bom, a companhia já não agrada, você se sente mais livre com seus amigos ( como se ainda fosse um colegial de 16 anos ) . Não arrume desculpas para trair, termine a relação antes de fazê-lo, nada prende você a outra pessoa somente a sua covardia ou sua acomodação.

  Se você já não sente mais afinidade pelo seu parceiro ou parceira abra o jogo! Não espere que uma nova pessoa atrevesse o seu caminho e você caia terrivelmente apaixonado, ao ponto extremo de ter relações escondidas com ela. Converse com a sua parceira(o) e exponha a situação, se ainda existir amor e afeto entre os dois a relação poderá ter concerto. Agora se chegarem a um impasse definitivo, é cada um pro seu lado. Então sem segredos nem culpas você poderá ficar com João, Maria, Antônio, Josefina... porque fazer o errado se você pode fazer o correto? Mas seu coração de repente está indeciso. Vamos ser bem técnicos agora, o coração é um órgão extremamente vital, que bombeia nosso sangue para o corpo todo, e principalmente para o cérebro. Pois é, o coração não decide nada, mas sua cabeça sim! Você não pode amar duas pessoas ao mesmo tempo e isso é um fato, não existe indecisão nesse aspecto, mas sim assuntos mal resolvidos. Se você ama João ou Maria, não pode amar também Antônio ou Josefina, você sente atração por eles, e lá vamos nós então de volta para o começo do texto.

  Os bons e velhos sentimentos desgarrados, quem não gosta de ouvir palavras doces ao pé do ouvido ( isso vale para homens e mulheres ) quem não gosta de ter seu ego massageado com elogios exagerados e cheios de terceiras intenções. Não se escondam atrás das alianças senhores, é com vocês mesmos que eu estou falando! A mulher se sente a mais bela das felinas quando um colega de trabalho ou um amigo mais intimo a corteja, olhares, insinuações, gestos, e finalmente a maionese desanda e Maria se entrega aos braços de um amante caliente. Logo tudo parece só paixão e luxúria... e o João em casa se pergunta que horas a Maria vai chegar do trabalho. Se o João tivesse dado mais atenção a ela, se não tivesse sido tão estúpido e grosso em inúmeras situações, se tivesse levado ela para dançar,  jantar e um motelzinho depois... quem sabe Maria não teria se deitado com Antônio. Eu disse ´´quem sabe``! Já o homem ( e eu me enquadro nessa categoria ) se sente um pavão quando percebe que conquistou a atenção de uma bela moça, e o homem é o pior desses casos porque o infeliz não precisa sequer de um motivo; Se você se deixar levar pela cabeça de baixo meu querido, vai ser um calhorda de qualidade.

  Eu poderia dizer em contra partida, se a mulher de Antônio não tivesse... não tivesse... sido a mulher de Antônio, certamente ela não teria sido traída por ele. Frisando sempre que nem todos os relacionamentos vão terminar em uma traição, e principalmente que as pessoas não são todas iguais... graças a Deus! Na maioria das vezes a mulher tem motivos, ou pelo menos algo parecido com isso para trair seu parceiro, seguindo a velha teoria da Babilônia ´´ olho por olho, dente por dente``. Mas a grande verdade é que todos nós seguimos nossos instintos mais primitivos, são nossa pior herança dês dos tempos em que arrastávamos nossas mulheres pelos cabelos e matávamos mastodontes no tacape, nós somos uma espécie de animal como qualquer outra. E para se acasalar procuramos sempre a fêmea ou o macho mais bonito e forte, e na maioria dos casos nem sempre ele ou ela dorme do seu lado na cama.

   Atração física as vezes vale mais que anos de relacionamento. Engraçado é que, normalmente o amante oferece tudo que o parceiro não oferece mais a você. Não será porque você também só está oferecendo a ele ou ela tudo o que já não oferece mais ao seu parceiro. Será que se você convivesse de uma forma efetiva com essa outra pessoa, os mesmos defeitos não apareceriam nele ou nela da mesma forma? Vocês se encontram escondidos, somente para curtirem seu caso secreto quente e carnal  não é mesmo? E depois de se ´´amarem`` de modo insano corpóreo e quase divino... vai cada um saciado para sua respectiva casinha não é mesmo?  Você não vai levantar de manhã e dar de cara com um cidadão todo descabelado e com hálito de defunto fresco, ou acordar do lado da bruxa keka de olhos inchados e cabelo de porco espinho que urina de porta aberta parecendo um esguicho. Cuidado com as ilusões, se a mesmice tornou seu casamento opaco, o adultério não é a solução. A Maria só será aquele vulcão de luxúria, enquanto os encontros forem poucos e intensos. No instante em que você conviver com qualquer pessoa por um período longo de tempo, vai conhecer seus verdadeiros defeitos, e verá que o problema não estava nem na Josefina nem no João, mas sim em você mesmo. A traição é uma coisa muita feia, ruim e nociva, não machuque aqueles que o amam de verdade, pois você nunca sabe que outro alguém está levando pra cama.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Longe de casa

somente uma ilusão
Muito além do seu quintal
Imensidão azul
Somente por um segundo

domingo, 21 de agosto de 2011

Meu mundo

                                                Sade - By Your Side - Video
  Meu mundo é um emaranhado de sonhos e pensamentos. Um lugar distante, um lugar de repouso, luminoso e pacífico. De relva amarela e céu do mais belo anil, do alto de seus montes cobertos de flores azuis o vento me trás inspiração e alegria. As nuvens quase vivas vem ressaltar outros planetas que circundam o meu, tão próximos que quase posso tocá-los. Tão próximos que posso vê-los no céu diurno, rivalizando-se com meu próprio sol em tamanho e majestade. Meus campos e florestas são de uma beleza intocável, e sob a sombra de uma arvore generosa de frutos coloridos eu repouso, ouvindo a canção que o tempo aqui imutável traz aos meus ouvidos. Meu refúgio é perfeito, é para onde vou nos dias de tristeza. E guardado em meu coração mas nunca esquecido, em meus dias de alegria.  

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

A bela solidão

  
  Quero contar algo á você... de coração para coração. Eu a amo, como nunca amei outra antes dela! Seu nome é uma poesia, e sua presença é feito brisa de uma manhã serena de primavera. Sua face é um enigma, mas julgo que seja bela pois a mim jamais a revelou. Deve ser tímida eu acho, pois fala pouco, mas suas palavras me trazem a mais pura paz de espírito. Quando menos espero ela chega e me abraça, de modo gentil sem rompantes nem excessos. Seu amor por mim também é real, porem simples e silente. Bela moça ela é, de movimentos felinos e contidos, ela me pergunta de meus sonhos e esperanças, e me escuta paciente. E se eu chorar permito que tão somente ela o veja. E sobre meus desenganos ela me faz refletir, pois me permite escutar o silêncio e tocar minha alma e me desvencilhar da dor. Companheira em cada entardecer, em cada por do sol. Quando conto as estrelas é o doce sereno que toca meu rosto, e nas noites frias é a barca que me leva por sonhos onde posso ser feliz. Companheira e cúmplice sem nada me cobrar, sempre presente sem ressentimentos falsidade ou ofensas. Bela moça de movimentos felinos e contidos, é ´´ela`` a bela Solidão!

terça-feira, 16 de agosto de 2011

sábado, 13 de agosto de 2011

O caçador de sonhos

 
  Onde foram parar nossos primeiros sonhos? Em que parte do caminho perdemos a capacidade de enxergar a vida com os olhos da inocência? Podíamos tudo na infância, nossas asas nos levavam para mundos sem fim, velejando pelos sete mares ou enfrentando bravamente, e vencendo monstros cruéis e malvados. Olhávamos para o céu a noite desejando um dia poder tocar cada estrela, como se fossem pequenas jóias que faiscavam no espaço escuro. Nosso sorriso era sincero e nossa alma luminosa, sem mentiras sem maldade. Adormecíamos somente para despertar em uma nova aventura sob o sol confortante da manhã. Se corrêssemos rápido alçaríamos vôo, e se caíssemos poucas seriam as lágrimas pois a dor logo ia embora, éramos a alegria em pessoa a energia em pessoa, e a esperança em pessoa. A felicidade nunca foi tão plena, e o mundo nunca foi tão colorido! Onde foram parar nossos primeiros sonhos? Eu sei onde... Outra criança deve ter pego emprestado!     

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Somente por um segundo

  
  Quando sentimos a inspiração absoluta, quando sentimos que fazemos parte de um universo que explode em força a cada respiração humana. Quando nos sentimos gratificados simplesmente pelo fato de estarmos vivos, quando nosso espírito parece livre para viajar entre as estrelas. Quando sentimos nosso coração explodir na mais pura vivacidade e esperança feito uma super nova irresistível. Quando olhamos para o céu noturno em busca de respostas, e nos perdemos na imensidão cósmica sem fim, e percebemos que nosso mundo é menor que um grão de areia. Mas que nossa alma é imortal e tão livre quanto o vento... solar, que varre planetas, que cruza galáxias! E mesmo que seja somente por um segundo, sentimos a felicidade extrema pulsando em nossas veias. Pois muito além de nosso planeta cheio de mentes limitadas, fazemos parte de um universo puro e majestoso, cada molécula de nosso corpo pertence ao espaço infinito e imaculado. Somente por um segundo, deixamos toda a dor para trás, perdidos entre as incontáveis estrelas do firmamento. Nosso único berço.